Fechar Assine ja

Revista

CONTO ERÓTICO
 

Dando de graça


por Vanderlei Lima


Meu saco já estava estourando de tanto tesão, preso na cueca... E foi aí que Rogério, meu “brother”, deu a dica: “Mano, o lugar é ‘Zona da Luz Vermelha’. Tem várias ‘minas’ lá. Tu ‘tem’ que pagar adiantado, mas é ‘sussa’”.

O foda é que eu não ia ter a grana – mas fui mesmo assim, na “nóia” de comer umas putinhas boas. Foi quando avistei Clarissa. Gostosa demais!

– E aí, beleza?! – perguntei, pra começar com uma certa... Categoria.

– Pois não. O que você quer?

– Quero te comer, porra! – esbravejei. Pô. A ‘mina’ estava lá vendendo a chana e me pergunta o que eu quero?

– Cem reais a hora. Só que o dinheiro é adiantado – e quero ver.

– A única coisa que te mostro adiantado é meu pau, bem grosso.

Foi isso. Clarissa deu uma boa analisada no material, viu o calibre do negócio e resolveu encarar, mesmo sem a grana antecipada. Fomos para um motel ali perto. Tranqueira mesmo. Afinal, era só pra dar uma boa foda.

Ela chiou. Disse que o quarto era “imundo” – mas queria o quê? Hotel cinco estrelas? Fazendo ponto ali?! Expliquei que era aquilo lá mesmo e, se quisesse a grana, era assim.

Foi só falar no dinheiro que a putinha logo resolveu começar o serviço. Baixou minhas calças tão rápido que quase enrosquei meus pêlos no zíper – mas beleza! Ela tinha uma boquinha gostosa...

Clarissa chupava muito bem e deixou meu caralho bem duro – mas eu não ia ficar contente só com o boquete. O certo é que eu já estava de olho na bunda dela desde que comecei a abordagem. Era um rabinho em pé, grande, bem grande, que me deu muito tesão! Eu tinha que comer aquele cu.

– “Fia”, é o seguinte: você chupa bem pra caralho, mas eu quero mais uma coisa...

– Mais? – perguntou Clarissa, deixando um pouco de baba no meu pau.

– Quero comer seu cu!

– É mais caro! – espantou-se ela.

– Pode pôr na conta.

Um tanto hesitante, mas rapidamente, Clarissa tirou a calcinha vermelha enterrada no rego. Devia estar até assada... Foi pra cama e ficou de quatro, me convidando a “entrar”, a foder aquela bunda gulosa.

Peguei a camisinha do criado-mudo e meti no meu pau, que já pingava de tanto tesão. Enfiei o garoto sem dó. Clarissa gritava e se contorcia – e eu bombando!

Dizia ela que estava doendo, mas acho que era charminho. Bom, pra mim, estava bom pra cacete – e eu era o cliente! Fui metendo a mão nos peitos dela enquanto enfiava meu pau com força e meti fundo, até gozar!

Clarissa deitou cansada, o cu doendo, acho eu, e ficou parada lá na cama, de bruços. Eu, que, na verdade, estava sem um “puto” no bolso, pus meu pau de volta pra dentro e fui embora, sem pagar e com a consciência tranqüila. Foda boa como aquela, ela não acha tão cedo...

BUSCA RÁPIDA

Buscar Site:

Buscar Garota:

Buscar Categoria:

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Julia Paes | Vivi Fernandez | Rita Cadillac | Fernandinha Fernandez | Yumi Saito | Gretchen | Bruna Ferraz | Monica Mattos | Marcia Imperator

Mapa do site

Contato

Copyright © 2014 - Sexsites - Termos legais.É proibida a reprodução do conteúdo deste website em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Sexsites. Requisitos minímos