PERFIL

Anna Polina

A atriz aspirante a escritora

por Valter José

Reprodução/© Marc Dorcel Anna Polina tem apenas 22 anos, mas sua maturidade é de uma pessoa mais velha. Viveu seus dez primeiros anos na Rússia e os demais na França, e é considerada, depois de Silvia Saint e Tania Russof, uma das mulheres mais lindas do ramo pornográfico – tanto que, atualmente, a produtora francesa Marc Dorcel a contratou como estrela exclusiva!

SEMPRE ATUANDO
Em sua adolescência, Anna pensou em cursar teatro, mas desistiu devido ao pouco dinheiro que ganharia. Depois, pensou em ser educadora para atender as pessoas com dificuldades, pois sempre quis ter um papel social.

O interesse pelo pornô, porém, acabou por surgir devido aos programas de entrevistas e reportagens na televisão francesa que mostravam as atrizes pornôs europeias. Para ela, o que importava realmente era o corpo como instrumento de trabalho – sem que isso fosse algo sujo ou degradante, mas uma experiência interessante e rica: "Não é a procura do prazer que me motiva, ou mesmo o prazer. O que me motiva é o prazer de estar em cena, como quando se atua no teatro", afirma.

SEXO LITERÁRIO?
A franco-russa foge dos padrões convencionais comuns nos Estados Unidos e aqui no Brasil. Uma prova disso é sua obsessão por literatura, arte e teatro. Ela tem como inspirações: Tchekhov, Antonin Artaud, Maupassant, Milan Kundera, Sarah Kane e Koltès.

Devido a isso, começou a escrever contos às escondidas, os quais, segundo amigos, podem ser transformados em um volume no futuro. Seus amigos, aliás, dizem que ela é capaz de ficar nua e fazer sexo explícito, mas tem pudor em mostrar seus textos.

No início de 2012, a atriz esteve em uma feira de histórias em quadrinhos em Paris e caminhou quase imperceptível entre os nerds caracterizados de seus personagens preferidos antes de ser reconhecida e roubar a cena com sua simpatia e beleza. Talvez sua simpatia seja fruto da perfeita atuação no filmes que faz...

Quanto ao pornô, ela prefere que o parceiro se ocupe mais de seu ânus do que da vagina, e seu ideal de homem é forte e intenso, como, por exemplo, o rapper francês Joey Starr.

Entretanto, Anna Polina não espera muita coisa do ramo: apenas ganhar seu dinheiro para estudar e comprar seus livros, já que não se considera uma atriz pornô e, sim, uma aspirante a escritora. No que diz respeito a sua vida pessoal e casamento, ela finaliza com uma citação de Tchekhov: "Se você teme a solidão, não se case".


Publicado em 22/03/2012. Imagens: Reprodução/© Marc Dorcel.