PERFIL

Bobbi: nasce uma Starr!

Bobbi Starr rompeu com a família religiosa e se tornou uma das maiores atrizes pornôs de sua geração!

por Graziele Marronato

Púbis portentoso de pelos negros e um estilo conhecido como hardcore pela indústria, Bobbi Starr não deixa dúvidas sobre por que é considerada uma das maiores atrizes do pornô na primeira década dos anos 2000.

GARGANTA PROFUNDA
Famosa pelos intensos gemidos, ela pratica um pouco de tudo: sexo oral, engolimento de esperma, bukkake, sexo anal (mais do que o vaginal!), creampie, dupla penetração, ass to mouth, gang bang.

Uma de suas marcas registradas é o gosto pelo sexo com negros reconhecidos por suas extraordinárias proporções penianas. Aliás, outra vantagem frente às colegas de trabalho é a de se dispor a fazer com eles sexo sem camisinha.

Não bastasse isso, Bobbi conta com uma habilidade bastante comentada: a profundidade de sua garganta! Repetidas vezes, provou que é capaz de lamber as bolas de seu parceiro enquanto o membro está completamente inserido em sua boca! Para se ter ideia do poder da moça, ela é uma das poucas atrizes capazes de engolir por inteiro o pau de Mandingo, um dos maiores do pornô atual.

PREMIAÇÃO MÁXIMA
Por ser uma artista completa, a atriz foi premiada com os Troféus AVN 2010 nas categorias Cena de Sexo Mais Ousada, por Belladonna: No Warning 4; e Melhor Dupla Penetração, em Bobbi Starr & Dana DeArmond’s Insatiable Voyage.

Segundo o site IMDB, a performance de Starr no panorama hardcore só é comparável a atrizes como Audrey Hollander, Taylor Rain, Tory Lane e a brasileira Monica Mattos. Aliás, por falar em Brasil, Bobbi foi convidada, em 2009, para filmar na terrinha. O título, embora chocho, não poderia ser mais autoexplicativo e bom para americano querer ver: Bobbi Starr no Rio*.

Como a garota advinda de família católica húngaro-italiana, graduada em música e tão jeitosa com o oboé e com o piano quanto com os ossos do ofício atual tornou-se uma atriz pornô tão lucrativa não é algo muito comentado por ela.

Sabe-se, porém, que Starr foi descoberta nos circuitos mais alternativos de bondage e sadomasoquismo quando iniciou sua carreira, aos 23 anos. Logo, a futura estrelafoi escalada  para o reality show America’s Next Hot Porn Star - versão soft porn do programa America’s Next Top Model -, no qual ficou entre as finalistas.

Sabe-se também que Starr se considera mais que feminista: ela é uma pró-sexo-feminista, o que significa que, ao contrário de muitas militantes, não vê o sexo ou os filmes pornôs como degradantes para a mulher.

Pelo contrário: sabe que pode dizer “não” quando e para o que quiser. Ela, inclusive já pensa em um plano de aposentadoria: tem estudado medicina para se tornar ginecologista, a fim de trabalhar com a indústria de filmes adultos. Segundo ela, suas colegas identificam uma falta de profissionais mulheres nesse ramo.

PRÊMIOS
2008: CAVR Revelação do Ano;
2009: CAVR Estrela do Ano;
2009: Prêmio XRCO por Superslut;
2010: Troféu AVN Cena de Sexo Mais Ousada por Belladonna: No Warning 4;
2010: Troféu AVN Melhor Dupla Penetração por Bobbi Starr & Dana DeArmond’s Insatiable Voyage.

Para ver mais

Imagens: Reprodução e Distribuição: Sexsites/Fallms | Publicado em 16/08/2011.