Nos EUA, ator pornô Mr. Marcus é condenado à prisão

por Caio Delcolli

O ex-ator pornô norte-americano Mr. Marcus, 42, foi sentenciado a 30 dias de prisão e 36 meses de liberdade condicional por ter transmitido sífilis a atrizes com quem trabalhou.

Marcus teria passado a doença sexualmente transmissível a suas colegas ciente do que estava fazendo. Desde 2012 ele é considerado o responsável por uma série de contaminações entre atrizes pornô. Isso chegou a causar uma curta pausa nas produções de Los Angeles, onde ele filmava. Foi nesta época em que houve a aprovação de uma lei que obriga atores a usar camisinha em filmagens na cidade.

Ele não contestou a acusação de expor outras pessoas a uma doença comunicável, diz o portal LA Weekly. “Agora estamos lidando com sífilis em nossa indústria, e eu sou o responsável. Não queria ser o responsável, mas sou”, disse Mr. Marcus.

Ele estava preso desde maio por ter sido flagrado dirigindo bêbado. Ele já atuou em 1.686 filmes, dirigiu 36 e ganhou três vezes o prêmio AVN, considerado o “Oscar do pornô”.

Imagens: Reprodução BET/Jezebel