DICAS CULTURAIS

Por baixo do pano: a história da calcinha

 

por João Marinho

Rosemary Hawthorne é uma britânica com um hobby, no mínimo, peculiar. Mãe de três filhas, ela se formou em Artes Dramáticas pela Royal Academy e, interessada em peças do vestuário feminino, iniciou uma coleção particular que, a princípio, incluía as camadas externas, que todos viam ao transitarem pela rua.

O tempo, no entanto, exímio conselheiro, soprou em seus ouvidos uma dica: a roupa íntima tinha sua importância. “Se ela não estiver em harmonia com o que vai por cima, o look final definitivamente não terá como funcionar”. Quis o destino que Hawthorne dedicasse especial atenção à calcinha, essa peça que participa dos sonhos eróticos de tantos homens.

Acertadamente, a pesquisadora entendeu que nenhuma outra peça teve reações tão intensas e contrárias ao longo da história da humanidade – e o resultado foi que Rosemary Hawthorne conseguiu reunir uma coleção extraordinária de calcinhas recolhidas em diferentes locais e das mais diferentes épocas e, de quebra, tornou-se a maior autoridade britânica em Históra da Roupa Íntima.

Parte desse acervo e da história que ele conta, que versa sobre os direitos da mulher, das mudanças de costumes, da situação socioeconômica e até da guerra, o internauta vai encontrar no livro Por baixo do pano: a história da calcinha, publicado pela editora Matrix aqui no Brasil.

Para os marmanjos mais afoitos, vale dizer que não há nenhuma mulher nua posando de calcinha nas páginas. Em vez disso, desenhos ilustrativos mostrando as peças intrigantes da autora servem para nos dar a ideia de como o fio dental surgiu das ceroulas enormes de antigamente, ou de como a lingerie se tornou objeto de desejo depois de ter tido sua fase espanta-homens.

A leitura é divertida, e, além do passeio histórico e – por que não? – fetichista, o internauta ainda pode pagar de intelectual para a namorada...

Por baixo do pano: a história da calcinha
Autora:
Rosemary Hawthorne
Editora: Matrix
Preço: R$ 22