Rapaz tem ereção há mais de quatro dias e pode perder o pênis

por Caio Delcolli

Alguns usam afrodisíacos naturais, outros preferem as preliminares para manter o amigo lá em cima, mas outros usam os estimulantes. O que não pode ser uma boa ideia, se usado em grandes quantidades.

Na última quarta-feira (13/09), em Honduras, um cara de 22 anos foi internado no Hospital Escola de Tegucigalpa por conta de uma ereção que já dura mais de quatro dias e pode causar a perda do pênis. O caso é grave.

Nos últimos três meses, o hospital recebeu quatro homens de 14 a 35 anos com casos semelhantes, de acordo com Denis Chirinos, chefe de urologia de Tegucigalpa. Os casos de ereção prolongada podem ser decorrentes de excesso de estimulantes sexuais. Segundo Chirinos, muitos jovens que têm impotência sexual abusam desses remédios.

Nesse caso, é necessária uma cirurgia para drenagem do sangue acumulado no pênis e há a possibilidade de perda do membro.

Não exagere no Viagra não, viu? Não ingira este remédio ou semelhantes junto de bebidas alcoólicas ou outras drogas. Os efeitos do remédio podem ser potencializados. Sexo é uma atividade física também, se o tempo de duração dela for bastante prolongado, pode provocar sobrecarga cardíaca e respiratória. Se utilizado sem orientação médica, os efeitos colaterais podem ser vários. Dor de cabeça, arritmia cardíaca, dores de cabeça, perda de audição e comprometimento da visão. A dica é consultar um médico e se informar a respeito do medicamento.

Imagens: Reprodução Awkward Boners/Funny Pics and Jokes