PERFIL

Você já quis ser James Deen?

Ele já fez mais de mil filmes, ganhou o Oscar do pornô e é adorado pelas mulheres. Não vá dizer que você nunca quis experimentar um pouco de tudo isso

por Caio Delcolli

 

  

 

O nome dele fará vir à sua cabeça o ator James Dean, um dos símbolos do cinema hollywoodiano da década de 1950, mas não estamos falando de um ator de filmes tradicionais. Pelo menos, não só. James Deen (assim mesmo, com um “e” no lugar “a”), aos 27 anos de idade, talvez seja hoje um dos atores pornôs mais conhecidos mundialmente.

Ele já esteve em mais de 1.400 títulos e fez mais de três mil cenas. Em 2009, foi premiado com o Adult Video News Award – considerado o “Oscar pornô” – na categoria de Ator do Ano. Tem ainda mais quatro prêmios no currículo, afora 61 indicações, segundo sua página no IMDb (www.imdb.com – site especializado em cinema). Recentemente, penetrou no cinema tradicional ao lado de Lindsay Lohan e Gus Van Sant em The Canyons, dirigido por Paul Schrader, o roteirista de Taxi Driver (1976).

Talvez Deen tenha chegado onde chegou por ter conquistado boa parte do público feminino de filmes adultos, os de estilo “female friendly” (“pró-mulheres”).

 

Assim caminhava Bryan

 

        

 

Nascido Bryan Matthew Sevilla, em 1986, Los Angeles, Califórnia, o marmanjo é dotado – 22 cm, replicado em vibradores de tamanho real – e, com 1,76 m e 68 kg, conseguiu seu espaço na indústria do sexo explícito, com o que sonhava desde o jardim de infância. Entre os 17 e 18 anos, já até transava em festas na frente dos convidados, além de tentar conexões com a indústria para descolar suas primeiras oportunidades.

Quando seus pais se separaram, Deen foi expulso de casa por sua mãe, com quem não se dava muito bem, e não tinha onde morar. Passou dois anos vivendo nas ruas. Aos 12 anos – idade em que perdeu a virgindade –, seus colegas de escola lhe disseram que ao fumar usando sua jaqueta de couro, ele se parecia com o icônico ator de filmes como Juventude Transviada (1955) e Assim Caminha a Humanidade (1956). Foi daqui que surgiu o nome artístico James Deen, pelo qual se tornou conhecido no pornô desde sua entrada, aos 18 anos.

 

Profissão transviada

Os primeiros papéis de Deen foram em filmes do estilo “Moms I’d Like to Fuck” (“Mamães que eu gostaria de foder”), os famosos MILFs, com mulheres de meia-idade em ação. Não demorou muito para ele, que prefere ser espontâneo em frente às câmeras, ser cada vez mais requisitado.

Até agora, o sortudo já trabalhou com atrizes deliciosas e competentes, do porte de Sasha Grey, Tori Black e Kayden Kross. Diga-se de passagem, que com Sasha, ele protagonizou fortes cenas de sexo.

James Deen também fez o papel de Robin e Jerry Seinfeld nas paródias pornôs do antigo seriado do Batman e de Seinfeld, respectivamente. Isso sem falar de sua popularidade no Tumblr: mais de 400 mil resultados na pesquisa “James Deen Tumblr” em nossa última checagem. Como se não bastasse, ele ainda dirigiu até agora onze produções e também dá as caras como produtor.

 

                    

 

Vida nem um pouco amarga

Deen também é conhecido por não ter uma postura machista ou arrogante e demonstrar bastante simplicidade ao interagir com outras pessoas. Junto dos profissionais do pornô de Los Angeles, ele se manifestou contra a Medida B, aprovada recentemente na cidade. A lei obriga os atores a usarem camisinha em cena e pode ameaçar os lucros que a indústria tem na região.

“A lei diz vagamente algo como: ‘toda transferência de fluidos deve ter uma barreira de proteção’. E isso pode significar que não podemos mais beijar na boca, já que tecnicamente isso é transferência de fluido, ou que você vai precisar de uma barreira protetora ali. Talvez você precise usar luvas pra fazer certas coisas”, disse ele em entrevista à Vice. “Teremos de aderir a todas essas coisas estranhas, basicamente o mesmo padrão de um hospital. Então, se você estiver pelado e tocando os genitais de outra pessoa, vai ter de usar luvas”, justificou. Um vídeo foi feito em manifesto. Deen aparece.

Seu início no cinema tradicional é atuando ao lado Lindsay Lohan e Gus Van Sant no suspense The Canyons (trailer aqui), previsto para estrear em 2013. Rejeitado pelos festivais de Sundance e South by Southwest por ser de “baixa qualidade”, o filme é dirigido por ninguém menos que Paul Schrader, roteirista de Taxi Driver e Touro Indomável (1980) e tem o roteiro assinado por Bret Easton Ellis, autor do livro Psicopata Americano. Tinha como ser mais descolado?

 

                        


Aspas: Vice
Imagens: Reprodução CNN/Patrick Fraser/50 Shades of Grey/Nymag/Kynk Lyfe