ARTIGO

X-Art: pornô com arte

Sites como Reality Kings e Brazzers parecem demonstrar sinais de cansaço junto aos internautas. Já há quem reclame de cenas repetitivas, malfeitas e com mulheres de beleza controversa...

por Valter José
X-Art

Não são poucos os fãs que veem em muitos pornôs distribuídos na internet os mesmos defeitos de certos filmes lançados em DVD, já que há produtoras que se recusam a se renovar.

MODA, MODELOS E SEXO
Pois bem. O X-Art apareceu para atender aos sonhos dos masturbadores que, além de mãos, têm bom gosto. O site foi criado pelo casal Colette Leah e Brigham Field, que durante a juventude, trabalharam no mundo da moda e aprenderam técnicas de iluminação e cenografia utilizadas nos editorias de moda de revistas como Vogue, Vanity Fair e Marie Claire.

Antes de se casar com Colette, Brigham teve seu primeiro site erótico, o beautyisdivine.com. Há cerca de dois anos, eles criaram o X-Art. No começo, as fotos eram apenas nus artísticos, com garotas lindíssimas em todos os ângulos possíveis. Com o tempo, elas foram se tornando cada vez mais explícitas - e, então, veio a ideia de filmar cenas de sexo com as meninas, que têm perfil de modelos de passarela.

Claro que houve o mesmo nível de exigência artística das fotos. Agora, a pornografia se unia à estética, provando que a beleza excita. As cenas agradam a homens e mulheres de bom gosto.

Segundo Colette, polêmica, uma das razões do sucesso é o fato de não utilizarem muito as atrizes pornôs tradicionais. Apenas Sasha Grey e Tori Black são chamadas, mesmo assim por serem crossover.

Além disso, o X-Art quer manter a espontaneidade nas cenas e o sabor da sexualidade fresca e natural. Os atores, por exemplo, são exclusivos e não podem ter tatuagens. A idade máxima das meninas não vai além dos 23 anos.

Com o tempo, vão surgindo as cenas de sexo anal e até de dupla penetração. Sem contar que as meninas - dizem - sentem orgasmos reais. O resultado é um catálogo de mais de 500 cenas, e o futuro apontando que o X-Art veio para deixar sua marca na pornografia.


Imagens: Divulgação (x-art.com) | Publicado em 30/08/2011.